Rui Moreira

De Wikidanca

Ir para: navegação, pesquisa

Rui Moreira

Tabela de conteúdo

Histórico:

Bailarino, coreógrafo e investigador cultural. Rui Moreira é original de São Paulo e está radicado em Belo Horizonte desde 1984. A carreira deste bailarino e coreógrafo tem inicio em 1979 e é fortemente marcada por sua participação como intérprete no reconhecido, Grupo Corpo de Minas Gerais e nas companhias paulistanas Cisne Negro e Balé da Cidade de São Paulo.


Atualmente, dedica-se à Cia Será Quê? onde desde 1993 desenvolve criações a partir de pesquisas de linguagens cênicas tendo como mote principal as culturas populares do Brasil. Construindo repertório como coreógrafo ou como intérprete criador interage com atores, músicos, bailarino, dançarinos populares, de street dance, poetas, vídeo makers, Dj s, materializando uma linguagem gestual contemporânea. A formação artística de Rui Moreira mescla a formação de dança acadêmica (dança clássica e moderna) com o interesse pelas manifestações populares. Trabalhou com representativos elencos e criadores no Brasil e em outros países, seja com as companhias e agrupamentos artísticos do qual fez parte, ou de maneira solo.


Além da bem sucedida Grupo Corpo e premiada trajetória artística, na área de promoção de eventos, fez a curadoria da Mostra de dança contemporânea Telemig Celular Arte em Movimento (2004) e do FAN - Festival Internacional de Arte Negra (2003,2005/2006, 2007), promovido pela prefeitura de Belo Horizonte. Participou do grupo de trabalho que redigiu a CBO - Classificação Brasileira de Ocupações da dança realizada pela faculdade de educação de Campinas - UNICAMP, foi representante escolhido em assembléias da classe de dança em Minas Gerais na Câmara Setorial proposta pelo MinC/ Funarte para levantar dados para a implantação de um Plano Nacional de Cultura.


Dirige a produtora SeráQuê? Promoções e Eventos Ltda. e está na presidência da associação de fins não econômicos SeráQuê?Cultural, ONG da qual é fundador. Entre as atividades da instituição está execução de projetos de sensibilização e formação artística direcionados a crianças e adolescentes e a implantação de um Ponto de Cultura no bairro Lagoinha (ação desenvolvida com a parceria do MinC. através do programa Cultura Viva).


Obras:

Coreografou os seguintes espetáculos:

  • Quilombos Urbanos, Urucubaca na Roda do Mundo, Duas linhas paralelas e uma na diagonal, Insólito, Cora, Homens, Coralinda, Esquiz e Q eu isse - para Cia Será Quê?;
  • Trama e C/ Cordas - para o Cisne Negro Cia de Dança;
  • De Uma Margem a outra - na Cia Azanie, na cidade de Lyon - França;
  • "Rito de Passagem" - Cia. de Dança do Amazonas.


Premiações:


Principais Indicações à Prêmios:

Patrocínio:

Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas
Visite-nos
Idana.net - Home